A diferença da tartaruga aquática de hoje para a da pré-história

;
Tartaruga Aquática
Essa espécie de tartaruga, a Odontochelys semitestacea, com meio casco, viveu na costa chinesa há cerca de 220 milhões de anos, tornando-a a tartaruga conhecida mais antiga. Ela possuía casco apenas na barriga. 

A Odontochelys semitestacea era uma Tartaruga Pré-Histórica. Viveu no Período Triássico, e seus fósseis foram encontrados na China. Sua principal característica é que ela no tem o casco na parte inferior do corpo, diferente das atuais tartaruga que tem nas partes inferior e superior. A Odontochelys semitestacea era aquática, mas alguns cientístas acreditam que ela não era totalmente aquática.



Tartaruga Aquática de Hoje em Dia



A tartaruga-tigre-d'água (Trachemys dorbigni) é uma tartaruga aquática e onívora, que vive em zonas de pântanos, banhados, lagos, riachos e rios do estado brasileiro do Rio Grande do Sul, onde habita principalmente a região da Lagoa dos Patos e o Banhado do Taim. O seu nome deve-se ao padrão colorido, em listras amareladas e alaranjadas. Para além do Brasil, esta espécie pode também ocorrer em parte do Uruguai indo até o nordeste da Argentina.

As Tartarugas-tigre-de-água podem viver 30 anos em cativeiro e são ilegalmente comercializadas como animal de estimação.

Na época de reprodução, a fêmea desova até mais de 10 ovos por postura (em média). Os ovos eclodem após 2 a 4 meses. Os juvenis medem cerca de 3 cm à saída do ovo, enquanto que os adultos podem atingir 22 a 26 cm de comprimento. As fêmeas são geralmente maiores que os machos.


0 comentários:
Postar um comentário